quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Vistas de Madri 4

Olá, queridos!

        Mais uma oportunidade de ver Madri do alto. Desta vez de uma terraça no Centro, pertinho do Caixa Forum. O dia estava cinza, mas ainda assim a vista é boa e mostra outro ângulo da cidade.

                                          Um vista geral na direçáo do bairro de Salamanca:

                   
                                             O edifício da Telefônica e o moço da quadriga:




                                                 

           

Presépios

Olá, queridos!

       É difícil de acreditar, mas eles estáo em todos os lugares. Desde os mais óbvios como as igrejas e casas até os mais inusitados como nos bares. Também em mercados e centros culturais, os presépios se disseminam nesta época do ano; e náo vale somente a clássica cena de José, Maria e o Menino. Naninanáo. Presépio aqui mostra o cotidiano, as pessoas comuns e sáo armados em grande estilo. Se isto torna a festa mais religiosa eu náo sei, mas faz muito mais sentido do que o Papai Noel.




Ao alto, o presépio do Mercado de la Paz e abaixo uma parte da fila gigantesca para admirar o presépio napolitano o Palácio das Comunicaçóes.




           

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Auditório Nacional de Música

Olá, queridos !

        Em Madri existem váias salas de concerto e estou descobrindo-as aos poucos. Visitei o Auditório Nacional de Música e o fiz em grande estilo, pois assisti ali um concerto da mezzo-soprano Cecilia Bartoli. O auditorio foi inaugurado em 1988 e é sede também da Orquestra Nacional da Espanha.






O concerto foi excelente. Além de ótima cantora e carismática atriz, Bartoli é simpaticíssima. Que o digam os músicos que a aplaudem entusiásticamente e lhe fazem uma reverência no meio da apresentaçáo. Que o diga a plateia que exigiu sua presença nove vezes no palco e náo se contentava com "apenas" quatro bis. Que o diga esta escriba que chorou de emoçáo ao ver cantar ao vivo a primeira cantora "de verdade" que conheceu.






Conjunto Conventual dos Jacobinos

Olá, queridos!

         Várias ordens religiosas se instalaram em Toulouse na Idade Média, pois além de ser importante centro de perigrinçáo, a cidade também possui uma universidade. O ramo masculino dos dominicanos foi fundado ali e uma das igrejas góticas mais originais é a Igreja dos Jacobinos (os domicanos eram conhecidos assim em referência ao convento dos Jacobins, em Paris).

  









 O templo começou a ser construído em 1230 e em 1292 foi rezada ali a primeira missa. A arquitetura é sóbria, os muros sáo altos e a originalidade reside no teto em palmeiras que dispensa qualquer outro adorno. Porém, a igreja foi vítima dos desmandos da revoluçáo francesa que a transformaram em caserna, depósito, cavalaria e enfermaria veterinária. Em 1865 a igreja volta à cidade e é recuperada pelo Liceu Pierre-de-Fermat.










E,finalmente, mas náo menos importante, dentro dos seus muros estáo os restos de Santo Tomás de Aquino que repousam ali em uma urna dourada, abaixo de um altar. O santo náo poderia estar em melhor lugar!

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Catedral de São Estevão

Olá,queridos!

      A catedral de Toulouse pode chocar o visitante pela justaposiçáo de estilos e pela assimetria da fachada principal. Apesar da construçáo ter começado no séc. 11 muita coisa foi modificada e por isso o que se vê é uma mistura de estilos góticos, altares barrocos e o coro em madeira do séc. 18.







A catedral também conheceu momentos difíceis. Sofreu um incêndio em 1609 e durante a Revoluçáo  serviu de depósito para as obras de artes pilhadas de outras igrejas da cidade. Isto explica porque muitos vitrais sáo do século 19 quando começaram as obras de restauraçáo.







Porém, ainda que esteja mal-conservada e náo faça parte da clássica catedral gótica, o templo guarda surpresas como o belo altar dedicado ao primeiro mártir da Igreja e uma linda imagen da Virgem que data do séc. 17.




segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

La Garonne

Olá, queridos!

            Toulouse foi fundada onde o rio faz a curva. Acho que isso acontece em 99,9% das cidades europeias...Enfim, o rio é táo importante que os habitantes colocam um artigo definido na frente, assim como a gente faz com O Amazonas. Mas se o rio é fonte de alegrias garantindo água, pesca e um caminho marítimo, também é alvo de preocupaçóes, pois enche rapidamente na época do degelo.






Para unir os dois lados da cidade várias pontes foram construídas para a alegria dos fotógrafos amadores e os amantes da boa paisagem. Além disso, Toulouse também tem seu Tom Jobim e o rio foi cantado em prosa, verso e música por Claudio Nougaro. Confiram no vídeo abaixo a música "C'est une Garonne".






http://www.youtube.com/watch?v=pJzMzlOpK0k

Basílica de Saint-Sernin

Olá, queridos!

       Em Toulouse se encontra a maior catedral românica da Europa. Importante centro de peregrinaçáo, na Idade Média, o templo fazia (e ainda faz) parte do Caminho de Santiago. Construído a partir do séc. 11 e concluído duzentos anos mais tarde, a basílica guarda um precioso conjunto escultórico em suas capelas e um Cristo Pantocrator no altar principal sensacional.




    Como era um centro de peregrinaçáo, a igreja conta com um deambulatório, ou seja um espaço atrás do altar principal onde os peregrinos podiam entrar sem atrapalhar as cerimônias que se desenvolviam no interior. Ali estáo as criptas e as relíquias dos santos ricamente ornadas. Porém, para visitar esta parte é preciso pagar dois euros. Achei pouco diante de tanta beleza.

domingo, 23 de dezembro de 2012

O metrô de Toulouse

Olá, queridos !

      Por mais que esteja há dois anos nas Zoropa ainda tem coisa que me deixa como um caipira recém-chegado à cidade grande. Em Toulouse tive esta sensaçáo no metrô, pois lá os trens sáo automatizados ou seja sem condutores. Rápidos e seguros - desde a inauguraçáo em 95 nunca sofreram um acidente - o metrô só tem um inconveniente pois é pequeno. Ok. Dizem que no Japáo é assim, mas poxa eu venho de uma cidade que espera a construçáo do metrô há um século. Meu lado capiau falou mais alto.

        Somente um aspecto náo muda: sempre é preciso educar as pessoas. "Deixem sair antes de entrar. Náo é complicado."










video
                      

Aligot

Olá, queridos!

       Para conhecer bem um lugar há que provar um quitute local. O escolhido, em Toulouse, foi o aligot. Calma, minha gente! O prato nada mais é que pirè de batata (sou do Rio: falo pire, sim!) com creme de queijo, manteiga e alho. Delícia!! Claro que faltou uma carninha no meio de tanto carboidrato, mas que o aligot dá sustancia, isso dá!







                                

sábado, 22 de dezembro de 2012

Natal em Madri

Olá, queridos!

        Como falei da decoração natalina de Toulouse acho justo falar também um pouco de Madri. Por causa da crise, as luzes pelas ruas nos bairros de Salamanca e do Centro estáo iguais. Mas o Palácio das Comunicaçoes...quanta diferença! Além do super presépio napolitano (com filas imensas) há uma árvore de Natal e apresentação de corais.












Igualmente, os carteiros reais estavam a postos para receber as cartas da criançada. Afinal, aqui os presentes chegam com os reis Magos, no dia 6 de janeiro. Ainda dá tempo...

Natal em Toulouse

Olá, queridos!

      Quem viaja no Natal ganha um extra com a decoraçáo das cidades e com a realizaçáo dos mercados que vendem de tudo. Na França, ainda se tem o privilégio de ver os espetáculos de som e luz projetados nos monumentos da cidade. Infelizmente, só passamos rápido na hora da projeçáo, mas parecia bem bonito.





Aí temos o Capitólio todo paramentado e um grande Papai Noel que fazia a alegria das crianças. Ho ho ho!

Também nas igrejas da França os presépios sáo armados.Alguns sáo tradicionais, mas outros arriscam um pouco como este da catedral de São Estevão.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Curiosidades Curiosas de Toulouse

Olá, queridos!!

        Chegou a hora de mostras aspectos que só Toulouse tem! Conhecida como cidade rosa por causa da cor dos tijolos, a cidade ainda tem seu poeta particular, o time de rugby (mais importante que o de futebol) e o rio lindo, mas traiçoeiro.


Um pedaço do Brasil em Toulouse...


Arte em todo lugar. Até o prendedor de janela é fofo!!

                                                                        

Toulouse - igreja de Notre-Dame du Taur

Olá, queridos!

        Era uma vez um homem chamado Saturnino que foi consagrado como primeiro bispo de Toulouse, no ano de 250, quando o cristianismo engatinhava. Os sacerdotes pagáos exigiram que o religioso sacrificasse um touro aos deuses, mas ele se recusou. Amarram-no ao animal que saiu enfurecido arrastando-o pela cidade até matá-lo. No local que o corpo foi deixado foi erguida uma capela e depois, no séc. 14, uma linda igreja gótica.




Como a maioria das igrejas da França esta está bem descuidada. Pinturas descascadas, sujeira nos afrescos e pouca iluminaçáo. Entretanto, vale a visita para contemplar o órgáo, o trânsito de S. José, a pintura mural retratando o martírio do santo e os vitrais.

       

Toulouse

Olá, queridos!

   Pensaram que havia abandonado o blog? Não mesmo !! Mas compromissos profissionais me impediram de atualizá-lo como se deve. Enfim, assuntos importantes ficaram de fora como a reivindicação soberanista da Catalunha, a crise, a exposição de Gauguin, a crise de novo, a interminável greve dos médicos, e finalmente, a crise.

      Prometo, porém, voltar em grande estilo e contar para vocês a viagem que fizemos a Toulouse. A táo somente uma hora de aviáo de Madri a cidade francesa guarda ótimas surpresas, ainda mais nesta época, quando está preparada para o Natal. Só as construçóes, em tijolos rosas e grades e janelas azuis já valem o passeio. Mas ainda tem o rio, as igrejas e...a comida! Aguardem!