quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Brasil sem z

Olá, queridos!

  Lembram-se quando o brasileiro ia para o estrangeiro e era uma vergonha? Todo mundo só conhecia samba-praia-futebol-café. Os mais entendidos arriscavam Buenos Aires como capital. Agora, isso acabou! O Brasil não só está mais conhecido como admirado. Os espanhóis que amargam uma crise como aquelas dos anos 80 estão embasbacados. Os meus professores incenssam ao presidente e sua turma. Fazem algumas ressalvas, mas o tom é geralmente otimista.


 Claro que sou alvo de perguntas e curiosidade na turma.Aliás, todos nós nos tornamos referências de nossos países. Tenho pena do venezuelano que se desdobra para responder as perguntas sobre Chávez. Da minha parte, coloco água na fervura. Sempre comento: o Brasil está bem, mas... Falta muito a fazer, concordam?

  
Postar um comentário