segunda-feira, 1 de novembro de 2010

El Escorial

Olá, queridos!

        Hoje é feriado na Espanha. Aqui se descansa em Todos os Santos e não em Finados. Entretanto, o ritual é o mesmo: as pessoas vão ao cemitério honrar os que já foram para o andar de cima. Aproveitando o "puente" (assim que se chama feriado precedido de fim de semana) fomos, ontem, ao palácio-basílica, colégio-mosteiro-panteão-biblioteca (ufa!) São Lorenzo del Escorial. Contruído por Felipe II para comemorar a vitória sobre as tropas franceses em 10/08/1557 ,dia de São Lourenço. A cidade em volta também é um charme.

     







O palácio é muito simples e reflete o modo humilde e católico do rei. Basta pensar em Versalhes, por exemplo. Além da grandeza do edífico, lá estão as pinturas encomendadas pelo monarca e um interessante museu arqueológico com as ferramentas utilizadas para a construção do palácio. A Basílica também é sóbria, ao gosto do renascimento espanhol.


       O que mais nos chamou atenção, porém, foi o panteão dos reis, rainhas e infantes da Espanha. Pausa:  "infante", aqui, é o título do filho ou parente do rei que está longe da sucessão do trono. Temos  o príncipe de Astúrias, Felipe, mas suas irmãs são denominadas Infanta Elena e  Infanta Cristina. Os túmulos são feitos em mármore negro ou branco. Apesar de ser um pouco tétrico, túmulo também é cultura! 
Postar um comentário