terça-feira, 27 de agosto de 2013

Igreja de São João do Hospital- Valência

Olá, queridos!

           
Como todo mundo sabe, a Espanha foi muito tempo ocupada pelos mulçumanos e o período chamado de "Reconquista" compreende avanços e recuos. Uma das terras conquistadas aos moros foi Valência, pelo então rei de Aragão Jaime I, em 1238. Para desgosto dos nobres que o ajudaram, ele fundou um reino independente, o reino de Valência.

             




Tristeza de um, alegria de outros, pois alguns cavaleiros que participaram da empreitada foram compensados com terras e privilégios. Um deles foi Hugo de Focalquier, que pertencia à Ordem de San Juan de Jerusalém ou mais popularmente conhecida como Ordem de Malta. Esta foi fundada para combater as cruzadas e dar assistência hospitalar aos seus membros.






O templo tem a simplicidade das igrejas medievais de pedra com janelas compridas para deixar entrar a luz. Ainda não é a explosão de cores do gótico, mas algo mais sutil e emocionante. Apesar do abandono ao longo dos anos e da destruição perpetrada na guerra Civil há pinturas originais nas capelas laterais.







Postar um comentário