sábado, 22 de fevereiro de 2014

Igreja de San Martín - Pau

Olá, queridos !

       
Indo para o castelo entramos na igreja de San Martin templo neogótico construído de 1863-1871. O edifício tem uma só torre e fachada simples. No interior, uma só nave, com vários altares laterais, vitrais, pinturas de inspiração bizantina e um órgão no coro. A rosácea à esquerda do altar conta a vida e milagres do santo principal que é venerado em várias igrejas francesas por ter sido bispo em Tours.

         




No altar principal, o Santíssimo está protegido com um belo pálio com motivos orientais, com arcos dourados e laranjas. A cúpula está ornada com cruzes e círculos vazadas que deixam passar a luz. Se considerarmos que é raro encontrar este adereço nas igrejas católico romanas valeu muito a pena entrar e apreciar este templo.













Chama a atenção a onipresente homenagem aos falecidos na Primeira Guerra Mundial que não se limita em listar os nomes dos paroquianos caídos em combate, mas é um verdadeiro monumento aos que pereceram. Destaque para George Guynemer, filho ilustre, um aviador voluntário que morreu em pleno ar. Em ano de centenário da Grande Guerra essas homenagens não me passam em branco.
Postar um comentário