segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Sobre a neve e outras angústias

Olá, queridos!

       
Hoje foi a primeira neve em Madri neste frio, chuvoso e escuro inverno. Quem mora em uma latitude mais alta vai rir de mim e dizer que não foi nada, apenas água gelada. Para mim, porém que venho de uma latitude baixa qualquer floco branquinho é motivo para comemorar. Por isso fiquei muito feliz quando a temperatura marcou 1 grau pela manhã e logo em seguida começou a nevar.

     









  Também hoje descobri o que me angustia na neve. Ao contrário da chuva que faz barulho, a neve é silenciosa. Vai caindo de mansinho, sem ruído; também não deixa a terra cheirosa, nem faz os passarinhos cantarem, nem as plantas mais brilhantes. Se a neve não cai em quantidade é frustrante e o que resta é lama. Se cai muita, as estradas fecham, o trânsito fica um inferno. mas ao menos o povo pode fazer bonecos de neve e guerra de bola (algo cada vez mais raro por aqui). Sei não. Acho que esse inverno está sendo longo demais para mim.
Postar um comentário