domingo, 2 de fevereiro de 2014

Igreja de Santo Inácio de Loyola

Olá, queridos !


Finalmente consegui entrar na igreja de Santo Inácio de Loyola, no Bairro das Letras e o fiz em grande estilo, ou como se diz aqui, pela "puerta grande".

         








Todo primeiro sábado do mês, o bairro das Letras promove o "Mercado de las Ranas" assim chamado porque havia muitas rãs naquela região. Assim, os comerciantes expõem suas mercadorias na rua, alguns abrigam esquetes teatrais e a igreja participou proporcionando um concerto de bandoneón e clarinete com o Garaiz Ensemble. 

           
A igreja foi fundada em 1665 e pertence a Real Congregação de Naturais e Oriundos das Três Províncias Vascongadas. Por isso, mais que um templo, serve também de ponto de encontro da comunidade vasca em Madri, realizando, inclusive, missas em euskera. Aliás, a escolha do santo titular não é arbitrária, pois santo Inácio vem de Loyola, no País Vasco.

         




 Se a fachada da igreja é simples, o interior acompanha o estilo. Três enormes imagens dos anos 40 dominam a nave e o altar: santo Inácio, a Virgem de Begoña e são Prudêncio. Há poucos altares laterais e nos nichos estão inscrições ora em euskera, ora em castellano, marcando alguma data histórica. Além disso, na parede encontram-se os brasões das distintas províncias vascas.

Se a igreja não tem nada de especial em relação a sua arquitetura ou obras sacras, ao menos abre suas portas para acolher apresentações musicais de coros ou grupos cujos membros vem desta comunidade autônoma. Que bom!

Para mais informações turísticas: www.rumoamadrid.com.br

       
Postar um comentário