terça-feira, 20 de maio de 2014

Eleições para o Parlamento Europeu - propaganda eleitoral

Olá, queridos!

   
 Na Espanha não existe horário eleitoral gratuito, carro de som e panfletos pelas ruas. Os candidatos, tal qual no Brasil, mandam cartinhas para você. Ai, que fofo! No envelope uma carta explicando um pouco - muito pouco diga-se de passagem - sobre o programa eleitoral do partido e o nome do canditado. Recebi carta do PSOE, UPD e PP. Nos dois primeiros tinha a foto dos candidatos, mas os populares só mandaram palavras e o envelope não havia sequer o logo do partido.

   








Outro fator que chama a atenção é a lista eleitoral. Aqui você tem um candidato que dá a cara durante a eleição e sabe o nome dos outros candidatos. Vota-se no primeiro da lista, porém se vota mesmo é no partido. Eu acho mais justo. No Brasil, também acontece esta prática, mas ela é simulada. Lembram-se de quantos candidatos o Enéas levou com ele? E o Tiririca? Ninguém sabia o nome dos outros candidatos, mas eles ganharam sua vaga no Congresso assim mesmo, pois o partido deles foi extremamente votado por causa de uma pessoa.

www.rumoamadrid.com.br
Postar um comentário