domingo, 1 de dezembro de 2013

Monumento a Calvo Sotelo

Olá, queridos!

       
No paseo de la Castellana, em frente a plaza de Castilla, quando Madri deixa de ser Madri para se transformar em uma grande cidade como outra qualquer está o monumento a Calvo Sotelo. Este foi um advogado e político que chegou a ministro da Fazenda e grande inimigo da República que havia se instalado na década de 30 na Espanha. De tanto discursar contra o regime teve sua casa invadida e foi "convidado" a dar um passeio e nunca mais voltou. Cinco dias depois estourava a guerra civil e, posteriormente, os vencedores recuperariam sua figura com esta escultura em 1960.

 








  A escultura feita de cimento branco e localizada em meio a um espelho d'água, representa um homem sentado, quebrando uma corrente com as mãos e com a cabeça inclinada e concentrado na tarefa.Ao seu lado, painéis representando uma procissão funerária e pessoas velando o corpo de um homem inanimado. Seria o cadáver do homenageado que foi abandonado no cemitério de Almudena? Também há uma escultura de mulher que chora levando às mãos à cabeça.












Polêmicas à parte de manter um conjunto escultórico daquele que é considerado o primeiro mátir do regime franquista, o documento sofreu com a construção das torres Kio e da torre Calatrava, pois o entorno ficou bastante descaracterizado. É a típica situação onde a emenda saiu pior que o soneto...

Para mais informações turísticas sobre Madri acesse: www.rumoamadrid.com.br
     
Postar um comentário