domingo, 17 de agosto de 2014

Campanha contra a venda ambulante

Olá, queridos!

   
 Em épocas de crise quando os preços sobem e os salários diminuem, algumas pessoas compram produtos que chegam ao país de forma desonesta ou mercadorias falsificadas. Pensando bem não é só em momentos de crise que isso acontece, não é mesmo ? Aqui é muito comum os imigrantes sub-saarianos venderem CD's, DVDs, bolsas e óculos de todas as marcas nos pontos mais turísticos como o Retiro e a calle Serrano, ou nas estações de metrô. Lembrando que aqui não existem camelôs e é proibidíssimo o comércio ambulante seja de alimentos ou objetos.

Assim a profeitura de Madri iniciou uma campanha contra este tipo de venda apelando para os direitos dos consumidores. Veremos se surte efeito.
Postar um comentário