quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Estação Nuñez de Balboa

Olá, queridos!

           
Estou frequentando a estação de metrô Nuñez de Balboa, chamada assim em homenagem ao explorador do Pacífico. Não se vê muitas referências sobre a vida deste intrépido viajante, mas esta estação guarda um painel feito em tijolos de cerâmica coloridos. Num mesmo plano, como de uma obra futurista-modernista se tratasse, um porto com seus navios, mar, árvores, guindastes e trens para descarregar as mercadorias. Para muitos passantes, aquele porta já faz parte da paisagem; para mim que cheguei agora e venho de outros mares navegados, só estou começando agora a descobri-lo.
Postar um comentário