sábado, 27 de setembro de 2014

Sete motivos pelos quais a Catalunha deseja separar-se da Espanha

      Dando prosseguimento ao nosso artigo sobre as razões que levam a região da Catalunha querer a independência. Antes vimos os motivos pelos quais a Catalunha não deveria separar-se e hoje, damos espaço para os que defendem a independência.


1- Porque a Catalunha já foi um Estado independente

    Apesar de se uma questão controversa, a Catalunha existiu como um Estado independente durante a Idade Média ou pelo menos uma parte do que hoje chamamos Catalunha. Bem, é certo que naquela época territórios pequenos tinham seu senhor feudal e sua moeda. Por isso, alguns alegam que a independência só está trazendo de volta aquilo que lhes pertence de direito. No mapa, a região que deseja a independência.



2- Porque os políticos da Espanha são corruptos.

    Os catalães acreditam que os políticos da Espanha sejam desonestos e os nascidos ali, não. Questão de opinião. Cá pra nós, não vejo muito diferença entre políticos brasileiros ou espanhóis, mas enfim...

3 - Porque muitos catalães não se sentem identificados com a cultura espanhola.

      Este é um debate acadêmico que poderíamos discutir horas e horas. Alguns catalães tendem a ver a cultura espanhola como a cultura de Castilla, do conquistador, posto que foi esta província que dominou as demais (lembram-se de Isabel, de Castela e Fernando, de Aragão, certo ?). Tudo que representaria esta cultura - touradas que foram proibidas recentemente, a bandeira e o hino - seria considerado "estrangeiro" naquele pedaço de terra, e portanto, não-catalão.

4- Porque os catalães tem seu próprio idioma.

        Muitas regiões da Espanha tem dois idiomas: o espanhol e a língua local. As escolas ensinam nos dois e a universidade também. Nas ruas da cidade é comum ver placas escritas nos dois idiomas. Isto é mais um motivo para mostrar o quão diferente os catalães são do resto da Espanha.




5- Porque a Catalunha se sente rejeitada pelo governo central.
    
     Talvez a principal queixa: financiação. A Catalunha alega que contribui mais do que recebe do governo central. Sente-se, assim, injustiçada porque aporta mais verba e não as vê retornar em seu benfício. Com a independência todos os recursos ficariam na Catalunha e seriam geridos pelos próprios resolvendo o problema.

6 - Porque a região é rica e estaria fora da crise se fossem independentes.

       Completando o anterior. Como se trata de uma região próspera, se estivesse sozinha não estaria enrolada na crise que o governo central, alegam, colocou toda a Espanha. Eles teriam a possibilidade de não ter entrado nesta ciranda financeira ou então, sair mais rapidamente.

7- Porque a Espanha atravessa uma crise política desde a Transição.

     Tem gente que não aceita a tese da crise econômica e afirma que a crise, na Espanha, é política, pois os pactos costurados com o fim da ditadura franquista estão sendo desrespeitados. São críticas que vão desde o regime monárquico até as competências que as comunidades autônomas devem ter. Assim, mais valeria constituir outro Estado a fim de sanar essas pendências.

Leia também: os sete motivos pelos quais a Catalunha não deve se separar da Espanha. 
Postar um comentário