segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Parque Eva Perón

Olá, queridos!

         
Depois da II Guerra Mundial, a Espanha estava mal e pagou caro pela "neutralidade" durante o conflito. Sem contar, inicialmente, com a ajuda do Plano Marshall,  excluída da ONU e com problemas de abastecimento or causa de guerra civil, o país tinha poucos amigos a quem recorrer, pois os regimes de ideologias afins ao regime de Franco estavam derrotados, os EUA e meio mundo ocidental lhe viravam a cara e não seria aos comunistas que o General iria solicitar ajuda.

       



Porém, do outro lado do oceano, estava a salvação. Da Argentina, outro general, Perón, mandou trigo e sua esposa, Evita, para tirar a Madre Pátria do atoleiro e, assim, buscar legitimidade internacional ao seu regime. A visita de Eva Perón foi um sucesso. As multidões foram às ruas, foi recebida pelo supra sumo do regime franquista que não a suportava, mas tinha que engoli-la. Há uma pequena reportagem sobre a visita, feita pela TV argentina, muito interessante.

         



Para comemorar o cimquentenário da visita, um grupo de admiradores, ergueu um monumento no jardim onde se encontrava a finca dos Nogueras, comprado pela prefeitura em 1951. O parque tem apenas um hectar, mas fontes, muitas árvores, áreas para os pequenos brincarem e para os idosos se exercitarem. Também há um espaço com quadra de futebol e mesa de ping-pong. Lamentavelmente, o busto estava vandalizado. Não sou muito fã da moça, mas me dá pena quem não sabe conviver com as diferenças e estragar uma obra de arte.


Em tempo: o projeto do monumento é de Domingo Frega Rausa.
Postar um comentário