terça-feira, 8 de outubro de 2013

Pimpolhos

Olá, queridos!

   
Quando a gente se torna mãe, dizem, entra numa outra dimensão tal a quantidade de informações que começa a receber. Imginem quando se é mãe em terra estrangeira! Afinal, carregamos -sempre- as referências da nossa terra querida. Por exemplo, a saúde pública daqui. Pensei que meu espanto ficaria somente no bom atendimento e na eficiência, mas esta semana, nova surpresa. Recebi uma carta com o lembrete de que a data das vacinas do quarto mês estavam chegando.  Se fosse só isso, jã teria achado o máximo. Mas ainda tinham dois folhetos, impressos em papel couchê, coloridos, coisa chique mesmo, sobre prevenção de acidentes e alimentação no primeiro ano de vida. Precisa dizer mais alguma coisa?
Postar um comentário